Pages

quinta-feira, dezembro 27, 2012

Imagem: Tristeza em Alegria


Fonte: Internet

Reflexão: A Samambaia e o Bambu


Certo dia decidi dar-me por vencido. Renunciei ao meu trabalho, às minhas relações, e à minha fé. Resolvi desistir até da minha vida.
Dirigi-me ao bosque para ter uma última conversa com Deus.“Deus, eu disse: Poderias dar-me uma boa razão para eu não entregar os pontos?” Sua resposta me surpreendeu: “Olha em redor. Estás vendo a samambaia e o bambu?” “Sim, estou vendo”, respondi. Pois bem. Quando Eu semeei as samambaias e o bambu, cuidei deles muito bem. Não lhes deixei faltar luz e água. A samambaia cresceu rapidamente. Seu verde brilhante cobria o solo. Porém, da semente do bambu nada saía. Apesar disso, eu não desisti do bambu.
No segundo ano, a samambaia cresceu ainda mais brilhante e viçosa. E, novamente, da semente do bambu, nada apareceu. Mas, eu não desisti do bambu. No terceiro ano, no quarto, a mesma coisa… Mas, eu não desisti. Mas… no quinto ano, um pequeno broto saiu da terra. Aparentemente, em comparação com a samambaia, era muito pequeno, até insignificante. Seis meses depois, o bambu cresceu mais de 50 metros de altura. Ele ficara cinco anos afundando raízes. Aquelas raízes o tornaram forte e lhe deram o necessário para sobreviver.
“A nenhuma de minhas criaturas eu faria um desafio que elas não pudessem superar” E olhando bem no meu íntimo, disse: Sabes que durante todo esse tempo em que vens lutando, na verdade estavas criando raízes?Eu jamais desistiria do bambu. Nunca desistiria de ti. Não te compares com outros”. “O bambu foi criado com uma finalidade diferente da samambaia, mas ambos eram necessários para fazer do bosque um lugar bonito”.
“Teu tempo vai chegar” disse-me Deus. “Crescerás muito! ”Quanto tenho de crescer? perguntei. “Tão alto como o bambu?” foi a resposta. E eu deduzi: Tão alto quanto puder! Espero que estas palavras possam ajudar-te a entender que Deus nunca desistirá de ti.
Nunca te arrependas de um dia de tua vida. Os bons dias te dão felicidade. Os maus te dão experiência. Ambos são essenciais para a vida. A felicidade te faz doce. Os problemas te mantêm forte. As penas te mantêm humano. As quedas te mantêm humilde. O bom êxito te mantém brilhante. Mas, só Deus te mantém caminhando... "Não temas, crê somente!" Lc 8:50

Fonte: Internet

quarta-feira, dezembro 26, 2012

Vídeo: A Parábola do Tesouro Escondido

Reflexão: Como você dorme?


‎"Não durmamos, pois, como os demais, mas vigiemos, e sejamos sóbrios", 1 Ts 5:6.

COMO DORMEM OS "DEMAIS"?
- O sono da fuga - Jn 1.5 - simplesmente ignorando o chamado do Senhor;
- O sono da preguiça - Pv 19.15; 24.33 - ignorando a necessidade do trabalho para vencer em todas as áreas da vida;
- O sono da negligência - Is 56.10 - impedindo que Deus use sua vida para anunciar a salvação e o juízo divino;
- O sono do sensualismo - Jz 16.19 - quando as paixões fazem esquecer o chamado e o poder dado por Deus;
- O sono do descuidado - Jz 4.21 - quando se negligencia o poder dos aparentemente fracos.

Esse tipo de "sono" traz consequências e precisamos vigiar: 

"E isto digo, conhecendo o tempo, que já é hora de despertarmos do sono; porque a nossa salvação está agora mais perto de nós do que quando aceitamos a fé", Rm 13:11

COMO DORMEM OS "VIGILANTES"?
- Honrando os pais e guardando os mandamentos - Pv 6.20-23;
- Em comunhão com Deus - Jó 33.14-18; Mt 1.24;
- Guardando a sabedoria e o juízo - Pv 3.21-25;
- Com o coração vigilante - Ct 5.2; 
- Com o coração liberto da ira - Ef 4.26;
- Em paz, Sl 4.8;
- Com a consciência tranquila - 1 Tm 3.9.

Esse tipo de sono somente produz coisas boas, permite a visitação do Espírito Santo enquanto dormimos. O Senhor ministra em nossos corações a Sua vontade e acordamos abençoados, prontos para um novo dia!

"Quanto a mim, contemplarei a tua face na justiça; eu me satisfarei da tua semelhança quando acordar", Sl 17:15

Por Alaid S. Schimidt

domingo, dezembro 23, 2012

Vídeo: Como pode Jesus ser tanto homem como Deus?

Estudo: Culto Doméstico


O mesmo que adoração a Deus no lar. Deus deseja que, em cada lar, haja um ambiente espiritual que honre e glorifique o Seu nome. Só a igreja local não basta para atender às necessidades espirituais da família. Deus quer estar presente no lar. Vemos, no início da Bíblia, a importância do culto doméstico. O Senhor Deus visitava, falava e orientava o primeiro casal em sua casa, ou seja, no Jardim onde moravam. Enquanto eles obedeceram à voz de Deus, havia um culto maravilhoso no lar edênico. Quando desobedeceram, Satanás prevaleceu. Hoje acontece a mesma coisa: com Deus no lar, há harmonia, paz, amor. Se Deus estiver fora do lar, o resultado será falta de amor, ciúmes, contendas , brigas, desunião. Com Deus no lar, a família é feliz e realizada. 
A adoração a Deus no lar precisa ser valorizada. A avalanche de pecados que são jogados contra os lares, especialmente através da mídia, só pode ser detida com a família unida em torno do altar da adoração a Deus. Portanto, desligar altares que promovem o pecado e ligar o altar de adoração é a medida mais salutar para a vitória da família.
A família cristã passa por lutas e tribulações, como todos, porém aprende a depositar diante do trono do Senhor suas dificuldades e obtém excelentes resultados de vitórias alcançadas pela fé e pela oração concorde. Os capítulos 6 e 11 de Deuteronômio e os Salmos 112, 127, 128 trazem referências acerca da vontade de Deus em que haja adoração e ensino da Sua Palavra nos lares, bem como as conseqüências de tal procedimento. A bênção que os pais proferem para os filhos tem uma significância sem igual no desenrolar de suas existências. Assim como os pais têm o dever de alimentar os corpos físicos de seus filhos e de lhes prover educação e oportunidade de estudos, também têm a obrigação de alimentar suas almas, por meio do ensino cristão. 
O lar deve transmitir um exemplo vivo e eficaz do verdadeiro cristianismo. Os filhos precisam aprender a orar, a entregar todos os seus problemas, dificuldades, necessidades, a Deus, em sincera devoção. Devem aprender também a confiar em Deus, na Sua provisão, na Sua providência, no Seu grande amor e cuidado eterno. Para que a fé seja cultivada e avivada em família, é vital que ela se reúna para adorar, entoar hinos de louvores, orar e aprender a vontade de Deus contida em Sua Palavra revelada. 
Dentre as qualidades referentes à mulher virtuosa, descrita em Pv 31:10-31, está a de proporcionar à sua família um ambiente espiritual, uma herança de amor e zelo ligados à pessoa de Deus. Os maiores desafios ao culto familiar giram em torno do tempo e da melhor fórmula para realizá-lo. Com paciência e perseverança, o Espírito do Senhor conduzirá os pais neste valioso empreendimento. Se o pai, o cabeça da família, não puder ou não quiser realizar o culto doméstico, caberá à mulher tomar tal iniciativa, ao exemplo de Eunice, a qual, sendo judia e casada com um grego, ensinou ao seu filho Timóteo as Sagradas Escrituras, 2 Tm 1:5; 3:15. Dentre as tarefas que cabem à mulher como adjutora, talvez esta seja a mais importante e mais sagrada: transmitir aos filhos o conhecimento de Deus e o valor do culto ao Seu nome.

Por Alaid S. Schimidt

Papel de Parede: Isaias 9:6


Resolução: 1920x1080

terça-feira, dezembro 18, 2012

Dica: Boa alimentação no Verão


O verão está chegando e com ele, o calor! Para aproveitar de forma saudável esta estação do ano tão esperada, é preciso observar alguns cuidados com a alimentação, saúde e a hidratação do organismo.
Durante o verão e nos dias ensolarados, torna-se importante um cuidado maior com a hidratação do corpo, devido as perdas de líquidos e de sais minerais pelo organismo serem maiores do que em outras estações do ano. Por isso, é importante aumentar a ingestão de líquidos, para repor a perda líquida do organismo e mantê-lo sempre hidratado. Uma excelente opção para o verão é a água-de-coco por apresentar baixo valor calórico, pode ser utilizada na substituição da água para saciar a sede e também para repor eletrólitos como sódio e potássio em casos de desidratação intensa.
Outro cuidado importante que se deve ter durante o verão é com a alimentação. Os dias de temperaturas elevadas geralmente provocam uma inibição da fome, que é causada pelo calor excessivo. Essa falta de apetite pode levar a jejuns prolongados, que é um aspecto ruim, pois o organismo pode ficar fraco e debilitado durante este período.
A melhor forma de contornar este problema é procurar consumir alimentos saudáveis e de fácil digestão, como as frutas, saladas, legumes, carnes magras, sanduíches leves, vitaminas de frutas e sucos naturais, estes são agradáveis, leves e não dão aquela sensação de "barriga pesada", como acontece com refrigerantes e outras bebidas gaseificadas. Além disso, sucos naturais garantem um aporte adequado de vitaminas e sais minerais, o que não é garantido com o consumo de refrigerantes. É importante ter cuidado com o consumo de frituras e alimentos muito gordurosos, que nessa estação se tornam mais difíceis de serem digeridos. Reduza também o consumo de condimentos em geral porque eles agem, em sua maioria, retendo líquidos.
Planejar é a palavra chave nesse verão. Organize, mesmo que mentalmente, seus horários, para que você não fique muito tempo sem se alimentar. Não se esqueça dos líquidos, para que a desidratação não chegue de surpresa. Dessa forma você vai ter disposição e energia suficientes para aproveitar e desfrutar intensamente a melhor época do ano!

Nutricionista Keilla Maylla Comar - CRN 6509

Show: Hillsong - This is our God

Reflexão: Não desistimos por que...


Temos muitos motivos para desistir de muitas coisas importantes em nossa vida.
Temos motivos para desistir da fé, da família, do casamento, dos compromissos, das amizades e etc, mas em contrapartida, temos motivos, muito maiores, para não desistirmos.
Tem uma frase que diz: "Perdedor não é aquele que não ganha, mas é aquele que desiste"

Deus disse em Is 41:10: "Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça".

Não desistimos por que...
1) Deus se preocupa conosco
O salmista, em Sl 8:4 fez uma pergunta crucial: "Que é o homem mortal para que te lembres dele? e o filho do homem, para que o visites?
Saber que Deus se preocupa conosco é algo maravilhoso de mais. E o melhor disso é saber que Ele se preocupa não porque merecemos, mas porque Ele quer, porque Ele decidiu fazê-lo.

2) Ele nos incentiva e nos motiva
Deus não só se preocupa, mas Ele nos incentiva e motiva a não desistirmos.
Ele nos incentiva e nos motiva porque Ele sabe que com o Seu agir em nós, nós conseguiremos. O seu incentivo veio da única e melhor forma possível, que foi revelando Seu amor através de Jesus Cristo.


Fotos: Cantata Natal 2012


Reflexão: A sós com Deus


A Bíblia enfatiza a importância de congregar, de estarmos unidos os irmãos e ai de nós, se ficarmos sozinhos na caminhada!
Mas ela enfatiza também a suprema importância do "a sós com Deus", pois é na intimidade, no momento ímpar de comunhão que grandes coisas acontecem no reino espiritual e em nossas vidas.

Há uma grande recompensa no "a sós com Deus":
- Para ouvir a Sua voz, Ez 3.22;
- Para contemplar a Sua face, Êx 32.30;
- Para ter convicção do chamado e receber orientações vocacionais, Jz 6.14; Êx 3.1-10;
- Para ser dirigido por Ele, At 9.1-19; At 10.
- Para receber a Sua bênção, Gn 28.10-14; 32.36;
- Para ver a glória de Deus, Êx 33.18-22; Ap 1.12-16;
- Para termos nossos olhos fixos apenas em Jesus, Mt 17.8.


Por Alaid S. Schimidt

quinta-feira, dezembro 13, 2012

Papel de Parede: Jesus - A luz do mundo


Resolução: 1920x1080

Testemunho: Vida de Jim Elliot


UMA HISTÓRIA MISSIONÁRIA VERÍDICA PARA SUA EDIFICAÇÃO

Jim Elliot era um missionário que tinha tudo para ser um grande homem na vida, pois era talentoso e dedicado aos estudos. Embora fosse tido como um homem promissor, sua verdadeira paixão estava em levar a palavra de Deus às tribos indígenas. Ele constantemente orava: "Consuma minha vida, Senhor. Eu não quero uma vida longa, mas sim cheio de Ti, Senhor Jesus. Satura-me com o óleo do teu Espírito...".

Após muita oração e a companhia de alguns amigos, ele resolve ir para os índios Quechua. Pouco tempo depois, Jim se lembra dos índios aucas (hoje conhecidos como Huaoranis) que tinham a fama de serem muito violentos e que não possuíam nenhum contato com o mundo exterior. Com o propósito de levar o evangelho aos índios huaoranis, o grupo começou a elaborar um plano que ficou conhecido como Operação Auca.

Pouco tempo depois o grupo resolve adentrar e estabelecer contato com aquela tribo. Ao chegarem na praia de seu acampamento, Nate e Jim avisaram aos outros que os aucas estavam vindo. Munidos de armas decidiram não utilizá-las. Pouco tempo depois chegaram os aucas e pouco esses cinco jovens puderam fazer. Seus corpos foram encontrados brutalmente perfurados por lanças e machados.

As esposas desses missionários, apesar da grande dor que sofreram, decidiram continuar com a missão, e algum tempo depois foram sucedidas na evangelização dos aucas. A tribo foi evangelizada e alguns anos mais tarde, o assassino de Jim Elliot, agora convertido ao Senhor Jesus e líder da igreja na aldeia batizou a filha de Jim e Elizabeth no rio onde seu pai tinha sido morto.

Jim Elliot procurou servir a Jesus com todas as suas forças e a maior parte de sua vida e de seu ministério é contado por sua esposa Elizabeth em dois livros publicados posteriormente. Sua célebre frase, encontrada em seu diário nos inspira a entregar sem reservas a nossas vidas nas mãos do Mestre: "Aquele que dá o que não pode manter, para ganhar o que não pode perder, não é um tolo".

Assim como Jim Elliot e seus amigos sabiam que viver para Cristo era o que mais lhes importava, também devemos ter a mesma e seguirmos as palavras de Paulo que dizem: "Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus" (Fp 3.14).

MÁRTIRES DO CRISTIANISMO: ESCREVERAM COM RASTROS DE SANGUE A HISTÓRIA DAS ALMAS SALVAS EM LUGARES INÓSPITOS AO EVANGELHO.

Fonte: Internet

Fotos: Encad 2012



terça-feira, dezembro 11, 2012

Estudo: O missionário deve se preocupar em atingir pessoas ou grupos?


O missionário é enviado com uma missão. Em primeiro lugar, ele deve se preocupar em fazer a vontade de Deus. Jesus tanto fez o evangelismo pessoal, como o evangelismo de massa, como o evangelismo de alistamento. Assim também foi com os discípulos que Ele separou para fazer a obra missionária. Quem envia um missionário já lhe repassa instruções e mentaliza resultados com sua atuação. Mas quem deve estar mesmo na direção é o Senhor. Temos o testemunho de Hudson Taylor, que a missão exigia o seu trabalho na capital, mas o Senhor o chamava para o interior da China. Ele perdeu privilégios junto à Missão, mas ganhou almas que o Senhor amava, ainda que a expensas de muito sacrifício pessoal.
No âmbito do evangelismo pessoal, vemos o Senhor Jesus entrando em Samaria e ali evangelizando a mulher na beira do poço de Jacó, Jo 4. O alvo dele era a cidade, mas Ele tinha que começar por alguém. E todos creram, por causa daquela mulher. O texto diz que “era necessário que Ele passasse por Samaria”. Na verdade, não “era necessário”, porque os judeus já haviam feito um caminho secundário, que desviava de Samaria, considerada por eles como terra imunda. Mas Ele recebera orientação do Pai, sem dúvida, e alcançou o Seu objetivo. O Senhor Jesus teve um encontro pessoal com Nicodemos à noite, sem que alguém os contemplasse. De outra feita, Jesus entrou na cidade de Naim, lugar que os discípulos jamais imaginariam, por ser pequena aldeia, mas o Pai O enviara ali para operar um milagre perante uma multidão chorosa e muitos creram em Sua palavra. 
Da mesma forma, o livro de Atos registra como os discípulos puderam agir no ensino pessoal, como Filipe, que encontrou o eunuco na estrada de Gaza, 8:26-38; Pedro encontrou pessoalmente a Enéias, 9:32-35; Paulo e seus companheiros encontraram Lídia, que se converteu (16:14,15), o carcereiro (16:32), Onésimo (Fm10), entre outros.

quinta-feira, dezembro 06, 2012

Fotos: Enkid´s 2012



Dicas: Requisitos essenciais do bom pregador


1 - PiedadeÍntima comunhão com Deus, profundo amor às almas perdidas, sempre perante o trono da graça de Deus e dedicação ao estudo da palavra de Deus. Não se pode pregar com êxito sem piedade. (“Exercita-te na piedade”. - santidade, religiosidade, adoração a Deus”) 

2 - Dons naturaisRaciocínio claro, rápido, vigoroso e lógico. Imaginação fecunda e criadora, voz cheia e harmoniosa, aparência física agradável e atraente, expressão entusiasta e enérgica. 

3 - CulturaBoa e sólida cultura geral. Especialização em conhecimentos relacionados à sua missão, tais como Teologia, História Eclesiástica, Psicologia. O pregador deve conhecer o ser humano, seus distúrbios e desajustamentos da personalidade oriundos de complexos, recalques, transferência de sentimentos, psicoses, manias etc. 

4 - HabilidadeManeira agradável, original e engenhosa de raciocínio e expressão do pensamento. Processo de colecionar, escolher e dispor o material do Sermão. A arte de pregar exige treino, técnica e esforço demorado e fastidioso. 

terça-feira, dezembro 04, 2012

Fotos: Retiro Taj Mahal - 02.12.2012


Dica: Benefícios de se ter uma alimentação saudável


Um dia corrido e estressante faz com que muitas pessoas se alimentem de forma inadequada em quase todas as refeições do dia. Se você costuma sair de casa sem tomar café da manhã, não realiza o almoço, chega tarde e ainda não consome alimentos saudáveis que possuem todos os nutrientes necessários para que seu organismo trabalhe bem e com perfeição, você estará sujeito a contrair algumas doenças devido à baixa imunidade. No entanto, para obter uma melhora em sua qualidade de vida, se faz necessário mudar alguns hábitos rotineiros, como passar a ter mais horas de sono, realizar a prática de atividades físicas e lógico, possuir uma alimentação balanceada e equilibrada.
A OMS (Organização Mundial da Saúde) afirma que os maus hábitos alimentares são os principais determinantes para as causas de doenças crônicas, como a obesidade, diabetes e doenças cardiovasculares.
A alimentação saudável traz apenas benefícios para a sua saúde, sendo que se você é uma das pessoas que sofrem com insônia, saiba que a sua alimentação pode influenciar em tal problema, existem alimentos que são tidos como relaxantes e proporcionam melhor qualidade do sono, entre eles podemos destacar o alface, o pepino, a maçã, as ervas, o salsão e muitos outros. Além desse benefício, os bons hábitos alimentares ajudam no controle de peso, previne deficiências nutricionais, protege o organismo contra doenças infecciosas e diminui os riscos de ocorrências depressivas.
Quer mais motivos para que você passe a ter uma alimentação balanceada? Então não deixe para amanhã, comece a partir de hoje e lembre-se que sua alimentação deverá ser bem variada, contendo todos os grupos de alimentos: cereais integrais, vegetais folhosos, legumes, frutas, laticínios, peixes e carnes magras.

“UMA ATITUDE SAUDÁVEL É CONTAGIOSA, MAS NÃO ESPERE PARA SE CONTAGIAR ATRAVÉS DOS OUTROS. SEJA UM PORTADOR.”



Nutricionista Keilla Maylla Comar CRN 6509

sexta-feira, novembro 30, 2012

Reflexão: Você sabe usar a Bíblia?

Reflexão: E se recebermos pedras?


Todos somos passíveis de recebermos pedradas em nossas vidas.
Plantamos amor, oração, tempo, saúde, tudo o que temos, para propagar o evangelho, cuidar das ovelhas, servir o Senhor... e muitas vezes o que recebemos são pedras!!!! E elas doem, machucam, ferem...
Mas vejamos: os frutos mais belos e vistosos são os mais visados. Se andamos na contramão do mundo, é claro que estamos expostos a perigos, choques, julgamentos e tantas outras situações.
Não receber pedradas não é o fundamental, pois teríamos que deixar de ser cristãos verdadeiros. O fundamental é saber o que vamos fazer com as pedras que nos atiram.
Os israelitas usaram montões de pedras para construir altares de testemunhos.
Faça isso: edifique altares com as pedras!
Quanto mais frequentes elas forem, mais material teremos para nossos altares! Quanto mais duras, mais forte o altar! Quanto maiores, mais alto o altar!
Se receber pedradas, faça delas o seu altar de intercessão, de adoração, de intimidade e comunhão com Deus!
O altar de Estêvão ficou tão alto, que ele se encontrou frente a frente com o seu Salvador, diante do trono da glória eterna! (At 7)
 
Por Alaid S. Schimidt

quarta-feira, novembro 28, 2012

Imagem: Antes e depois do pecado


Reflexão: Temer ao Senhor é bom


Quando falamos de temor, muitas vezes pensamos que é somente ter medo. E se fosse somente isso, nós temeríamos a Deus por medo, o que devemos entender o que a Bíblia diz.
Para o descrente, temer a Deus é temer o julgamento de Deus e a morte eterna, que é separação eterna de Deus (Lucas 12:5; Hebreus 10:31). Já, o temor do crente é reverência a Deus. Hebreus 12:28-29 descreve muito bem: "Por isso, recebendo nós um reino inabalável, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus de modo agradável, com reverência e santo temor; porque o nosso Deus é fogo consumidor." Essa reverência e santo temor explicam exatamente o que temer a Deus significa para os crentes. Esse é o fator que deve nos estimular a nos entregar totalmente ao Criador do Universo.

Aí vão alguns Provérbios sobre o temor a Deus:
- O temor do Senhor prolonga os dias, mas os anos dos ímpios serão abreviados. Pv 10:27
- O temor do Senhor é uma escola de sabedoria. A humildade precede a glória. Pv 15:33
- O temor do Senhor é o princípio da sabedoria. Os insensatos desprezam a sabedoria e a instrução. Pv 1:7

Temer ao Senhor é bom, além desses provérbios, quero ressaltar dois salmos. Sl 25:12 e 14.

Sl 25:12: "Ao homem que teme ao Senhor, Ele o instruirá no caminho que deve escolher".
Temer ao Senhor é bom, porque Ele ensina, instrui e guia no caminho que deve escolher. Pois sabemos que a nossa vida é feita de escolhas, e o que somos e fazemos, muitas vezes são reflexos ou consequências de nossas escolhas.
Sempre queremos fazer a escolha certa, mas nem sempre fazemos. E pode ser que optemos pelo errado, ou pelo não certo, sem termos o conhecimento disso. Mas vemos que quando tememos a Deus, Ele nos fará escolhermos o que é certo, e o que Ele tem para nós.
Vejo que Ele fará isso através do Seu Espírito que habita em nós, através da Sua palavra e poderá usar também outras pessoas para nos instruir.

Sl 25:14: "A intimidade do Senhor é para os que O temem, aos quais Ele dará a conhecer a Sua aliança".
Como é maravilhoso entendermos isso, que Deus não está somente preocupado em nos ensinar e nos guiar nas escolhas e no caminho certo, mas Ele está interessado muito mais que isso, Ele quer que tenhamos intimidade com Ele.
E se ao temermos a Ele, Ele nos instruirá no caminho certo, isso também resultará em termos intimidade com Ele.
Se fôssemos olhar com os olhos carnais e pela razão humana, isso seria impossível, pelo fato de Deus ser Santo e nós pecadores. De Ele ser Espírito e nós sermos carne, e etc. Mas Deus fez isso se tornar realidade, através de Jesus Cristo, pois Ele se fez carne e habitou entre nós, e agora habita em nós pelo Seu Espírito.
Ter intimidade com Deus é achar n´Ele tudo o que precisamos, é fazer d´Ele não só o nosso Deus e Senhor, mas o nosso amigo e companheiro. É lançar dobre Ele todas as nossas ansiedades e necessidades. É falar com Ele e Ele falar conosco e etc.

Temer ao Senhor é bom, e resultará em coisas excelentes em nós. Por isso, tema ao Senhor e viva coisas extraordinárias, em nome de Jesus.

Por Junior Schimidt

Filme On-Line: O Outro Lado do Céu

Filme: O Outro Lado do Céu
Áudio: Português
Legenda: S/L
Tempo de Duração: 113 Min.
Ano Lançamento: 2001
SinopseJohn Groberg (Christopher Gorham) é um jovem missionário que, nos anos 50, embarca em uma longa viagem juntamente com os nativos da ilha Tongan, deixando para trás a noiva e sua família. Ao longo de sua viagem ele escreve cartas para sua noiva, relatando suas aventuras para sobreviver em uma terra desconhecida. Ao mesmo tempo Groberg conhece a cultura local e faz amigos nos 3 anos que passa longe de casa.


sexta-feira, novembro 23, 2012

Reflexão: Respeito


Respeito é uma atitude característica das pessoas que gozam de muito prestígio e admiração nos grupos onde convivem, mas também é uma atitude interior de prestação de honra e dignidade ao próximo. O respeito conduz a um comportamento que demonstra a consideração, deferência e a importância que uma pessoa dá a todas as demais pessoas. A atitude de respeito é aprendida no processo de educação durante a infância e adolescência, principalmente através de exemplos das condutas dos educadores, pais, familiares e professores. Na fase adulta é aprendido num processo de reeducação, que depende da vontade pessoal.
Todos sentem um anseio natural de serem respeitados e muitos vivem cobrando esta atitude das pessoas com as quais convivem. Todavia, o respeito não é algo que se obriga, mas que se conquista. A pessoa que deseja ser respeitada, deve, antes, respeitar: “Quem dá, recebe”, Lc 6:38. 
Dentre as qualidades que se devem cultivar no casamento, na família e em todos os relacionamentos humanos, o respeito é uma das principais. O casal que perde o respeito um pelo outro, está fadado ao insucesso no casamento. A falta de respeito entre pais e filhos é vital para a formação do caráter destes. Em todas as áreas da vida o respeito é muito necessário, sendo indispensável para o benefício dos relacionamentos. 
As pessoas respeitosas demonstram ter consciência de que cada ser humano é único em sua função específica. Sentem muita gratidão, honram, apoiam  e estão presentes na vida de seus pais quando estes necessitam. Admiram e reconhecem o mérito e a importância da mulher na vida familiar e social como um ser intuitivo, sensível e equilibrador. São excelentes suportes, educacional, moral e material da própria família, esposa e filhos. Acatam e ponderam o ponto de vista das outras pessoas como fonte de novas idéias. Cultivam um relacionamento formidável com as pessoas mais experientes e mais idosas.
Quem desenvolve o respeito obedece conscientemente normas ou regras de comportamento que reconhecem defender o bem comum. Submetem-se espontaneamente à ordem e disciplina social que visa a qualidade de vida para todos.  Seguem, ainda, livremente as determinações das leis que favorecem o equilíbrio de todos os seres da natureza.

Por Alaid S. Schimidt
Fale com ela

Imagem: Filho Igreja


Fonte: Internet

quinta-feira, novembro 22, 2012

Estudo: Escatologia - Juízo Final


Logo que acabar o Gogue e Magogue, se dará inicio ao Juízo Final. Este acontecimento está relatado em Apocalipse 20: 11-15. O apóstolo João viu um Grande Trono branco e viu também aquele que estava assentado sobre o trono, mas ele diz algo interessante, “... da presença dele fugiram a terra e o céu, e não se achou lugar para eles.” (Ap. 20:11b)
Possivelmente a terra onde habitamos e o céu que vemos serão destruídos, conforme nos mostram alguns textos bíblicos: (2Pe 3: 7, 10b, 12b ; Sl. 102:25,26 ; Is 34:4)
Com isso o julgamento acontecerá, mais o que realmente é o juízo final? Quem participará dele? 
- O Juízo Final será a sentença divina contra aqueles que já foram culpados, pois negaram servir a Deus de alguma forma e perderam a salvação eterna. E esse Juízo será sem misericórdia (Tiago 2:13), cada um terá que pagar sua conta e isso individualmente, todos os perdidos terão que sujeita-lo e terão que confessar perante todos que Jesus é o Senhor.(Filipenses 2:10, 11).
- O Juiz desse tribunal será o próprio Senhor Jesus que de Advogado (1Jo 2 :1) será promovido a Juiz. E seu Juízo será justo, verdadeiro e ninguém poderá discutir as sentenças.
- Estarão no Juízo Final, duas multidões, os salvos e os perdidos.
- Os salvos não serão julgados, pois não há mais condenação para eles (Rm. 8:1), eles estarão lá para julgar com Cristo, segundo a Bíblia julgaremos até os anjos caídos (1Co. 6:3).
- Os perdidos, estes sim serão julgados. Aqueles que estiverem mortos ressurgirão, todos os que morreram sem Deus em toda a história da humanidade desde Gênesis até o Juízo final. Eles ressurgirão para a vergonha e o desprezo eterno, ou seja, serão envergonhados perante todos no Juízo final e serão desprezados por toda a eternidade. (Dn 12:2; Jo. 5:28, 29)

- Depois de sentenciados, eles serão lançados no lago de fogo e enxofre, que é pior do que o inferno, onde já estão Satanás, o Anticristo e o Falso profeta, não só estes mais o próprio inferno e a morte serão lançados nesse lago de fogo e enxofre, onde o verme não morre e o fogo nunca se apaga (Marcos 9:44, 46). Onde serão atormentados todos os dias de dia e de noite. (Ap. 20:10b).

E nós iremos morar eternamente com Deus, onde não haverá mais pecado, não haverá mais sofrimento, não haverá mais lágrimas, mas iremos desfrutar de tudo aquilo que Deus tem nos preparado. (Ap. 21:1-27). Será um lugar maravilhoso e se cumprirá aquela palavra que diz: “As coisas que os olhos não viram, e os ouvidos não ouviram, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam”.(1Co. 2:9).

Por Kayo César

terça-feira, novembro 20, 2012

Vídeo: Último Sermão - Billy Graham

Reflexão: A Maior Provação


Jó, nosso querido amigo que Deus usou para nos deixar preciosidades para os momentos difíceis da vida, passou por todas as provas que um ser humano pode enfrentar.
Perdas: bens, filhos, servos, respeito da esposa, saúde, compreensão dos amigos. 
Além das perdas, teve acréscimos: zombarias, julgamentos, desprezo, temores, incompreensões.
Mas creio que a pior luta de Jó foi o silêncio de Deus. Enquanto durou a sua provação Deus esteve calado. 
Havia uma guerra nas regiões celestiais; Deus havia desafiado Satanás acerca de Jó. Ele resolveu não intervir até que, envergonhado o inimigo que Jó não enxergava, mas estava ali todos os momentos instigando-o a amaldiçoar Deus e desistir de tudo e assim completasse o ensinamento que o servo fiel receberia através daquela cruenta provação. 
Jó clamou, gemeu, chorou, lamentou, amaldiçoou o dia do seu nascimento, mas não pecou contra o Senhor. Ele sabia que cria num Redentor vivo, que oferecia um descanso na eternidade e, apesar de sofrer o silêncio de Deus, ficou firme em sua fé e esperança no Senhor.
O dia esperado chegou! Deus falou com Jó, ensinou tantas coisas fundamentais ao acréscimo da sua fé, ampliou o seu conhecimento das coisas eternas e o levou a experiências extraordinárias!

O SEU DIA VAI CHEGAR! O INIMIGO VAI SER ENVERGONHADO, SE VOCÊ PERMANECER FIRME EM SUA FÉ E CONFIANÇA EM DEUS. E O SENHOR VAI ACRESCENTAR COISAS GRANDES E VALIOSAS EM SUA VIDA!
CREIA NA RESTAURAÇÃO! CREIA NA RESTITUIÇÃO! CREIA NA REVIRAVOLTA! SOMENTE PERMANEÇA CRENDO QUE ELE - O SENHOR ESTÁ CUIDANDO DE VOCÊ, MESMO QUE ESTEJA CALADO E OCULTO!!!!

Por Alaid S. Schimidt

Papel de Parede: Jesus


Resolução: 1920x1080

sexta-feira, novembro 16, 2012

Testemunho: Luciano Balbino


A Paz do Senhor Jesus.
Quero aproveitar esse espaço para glorificar a nome do nosso Deus, que cuida de nós nos pequenos detalhes, que às vezes passam até sem que a gente perceba. O que conto agora é uma prova real do cuidado de DEUS por nós, por amor a nós, mesmo que a gente não mereça, o Seu amor e Sua misericórdia são imensos.
Irmãos, no ultimo dia 22 de outubro, fui vitima de um infarto agudo no miocárdio e conto a vocês agora como tudo aconteceu.
Levantei na manhã de segunda, dia 22, e seguia com minha rotina normal de todas as manhãs, levei minha filha pra escola, e fui ao circulo de oração da 2IPR, saindo da igreja passei em casa tomei meu café da manhã e segui para o Sarandi onde tinha compromisso profissional, sem sentir nada, nenhum tipo de dor nada. Estava no escritório de um amigo, quando comecei a sentir uma pequena dor no peito, bem leve, no momento nem dei tanta importância e permaneci com meus compromissos, mas a dor foi aumentando, e comentei com meu amigo, - acho que vou a farmácia medir a minha pressão – e sai de lá com esse pensamento, mas a dor foi aumentando e passou para o braço esquerdo, e no meio do caminho algo me dizia não vai à farmácia não, vai ao posto de saúde, e eu dirigindo comecei a clamar o nome do Senhor para que me ajudasse a chegar até meu destino. – Quero aqui abrir aspas para um detalhe muito importante, eu não possuo automóvel próprio, e faço sempre esse caminho de ônibus, mas olha como DEUS é tremendo, na sexta-feira antes do ocorrido um irmão havia me emprestado o carro para eu poder levar minha esposa ao hospital já que ela estava grávida.
Enfim cheguei ao posto de saúde, mediram minha pressão e realmente estava alta, e me encaminharam para o hospital, e lá fui eu dirigindo novamente e clamando pelo sangue de Jesus para poder chegar ao destino.
Chegando no Hospital, enquanto esperava na recepção a dor aumentava, eu já não tinha a coordenação no braço esquerdo, levantei-me fui até o balcão e falei – amigo eu não aguento mais de dor, pelo amor de DEUS, vai demorar muito. -  enfim me atenderam, o médico me perguntou o que ES estava sentido, e me mandou  para fazer um eletro cardiograma urgente, ele nem esperou terminar e já estava do meu lado esperando o resultado, e veio a noticia, que eu estava tendo enfartando,rapidamente já me medicaram e me transferiram para a UTI cardíaca do Hospital Santa Rita.
Quando cheguei ao hospital, que me colocaram na cama e me encheram de eletrodos por todos os lados e medicaram novamente, eu clamei ao Senhor e disse: Senhor, minha vida esta em suas mãos, que seja feito a vontade do Senhor, perdoe meus pecados, faça o que Senhor tiver que fazer.
A partir desse momento meu coração tranquilizou-se, e não tive mais medo em momento algum de todo esse processo.
Resumindo: Foram 15 dias de hospital, passei uma cirurgia onde coloquei 2 pontes de safena e 1 ponte mamaria, eu estava com 3 artérias que estavam passando menos que 10% do sangue necessário, DEUS foi tão bom comigo, que o médico que cuidou de mim, era evangélico, na noite anterior a minha cirurgia foi até o quarto e me deixou um versículo  “Não estejais inquietos por coisa alguma; antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças.
E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus. 
Filipenses 4:6-7
Graças a Deus, hoje estou me recuperando, e senti a cada momento a mão de DEUS comigo, eu la no hospital, minha esposa em casa prestes a dar a luz a nossa segunda filha, eu so pensava meu Deus, permita que eu esteja em casa pra ver o nascimento da minha princesa, tive alta do hospital no dia 04/11 minha filha nasceu no dia 06/11, e eu glorifico a Deus por esse livramento que ele me deu, pela vida do irmão que me emprestou o carro, pois isso poderia ter acontecido dentro do ônibus e talvez não haveria tempo de socorro, glorifico a Deus por todos irmão e irmãs que oraram por mim e por minha família, glorifico a Deus por Ele ter me dado mais esse fôlego de vida, e aproveito pra dizer, que minha vida a partir de agora será para glorificar o nome do nosso DEUS, e reconhecer que sem ele não sou nada.
A Paz do Senhor a todos e que Deus abençoe a todos vocês.

quarta-feira, novembro 14, 2012

Filme On-Line: O Pastor

Filme: O Pastor
Áudio: Português
Legenda: S/L
Tempo de Duração: 100 min.
Ano de Lançamento: 2008


SinopseEm O Pastor o ex-condenado Armstrong Cane (Ving Rhames) retorna ao bairro em que morava, como um homem mudado, que quer assumir a velha igreja e congregação de seu pai. Mas a vizinhança está tomada por drogas e gangues. Os que conseguem, mudam-se para áreas mais prósperas e passam a seguir um esperto pastor (Ricardo Chavira). Mas mesmo com um perigoso chefe de gangue (Dean McDermott) ameaçando seu rebanho, Armstrong não desiste. Fortemente decidido, Armstrong prega a palavra de Deus a quem quiser ouvir, especialmente a Norris, um jovem prestes a cair numa vida de más opções. Eles mantêm uma ligação próxima e se esforçam para mudar, mas será que os pecados do passado voltarão para assombrá-los?

terça-feira, novembro 13, 2012

Reflexão: Pôr pedra em cima de...


Essa expressão "vamos colocar uma pedra em cima", tem o significado de "vamos concluir esse assunto", "vamos esquecer esse negócio", "vamos dar por encerrado o problema", "não se preocupe mais, está resolvido".

Perdoar, esquecer, sacramentar o concerto, colocando "uma pedra em cima", é muito bom dentro dos relacionamentos. Pois aquilo que não se encerra pode gerar aflição, amargura, infelicidade.

Mas tem algo que não podemos colocar uma pedra em cima: o pecado. Pecado escondido somente traz o mal. Ele cria uma crosta onde se desenvolvem outros males. É preciso ter consciência que um dia a pedra vai rolar. Ao rolar, ela vai revelar o que estava escondido e aí as consequências podem ser bem piores! Lembra de Acã e o mal que o seu pecado oculto trouxe a toda nação de Israel? Confira em Josué 7.

"O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia", Prov 28.13.

Por Alaid S. Schimidt

segunda-feira, novembro 12, 2012

Fotos: Culto da Família - 10.11.2012


Dica: Conselhos para quem prega


Veja alguns conselhos que Finney deu para quem prega o evangelho:

- Pregue a Palavra constrangido pelo amor.
- Seja revestido do poder do Espírito Santo.
- Mantenha uma comunhão íntima com Deus.
- Tenha uma profunda vida de meditação na Palavra de Deus.
- Não dependa dos comentários, ouça-os, porém busque o veredicto de Deus.
- Guarda-te puro em atos e atitudes.
- Recusa-te a diminuir a intensidade desta obra. Seja constante e diligente.
- Creia na promessa de Jesus: “Estarei convosco todos os dias”.
- Livra-te de hábitos que possam produzir tropeço aos homens.
- Não sejas leviano. Põe o Senhor a frente de ti em todos os momentos.
- Fuja de conversas frívolas e sem proveito. Controla tua língua.
- Resolva a “nada saber” entre teu povo “senão a Jesus e este crucificado”.
- Ensine por preceito e por exemplo.
- Vigie em teus pontos fracos.
- Seja simples, sério e de correto procedimento cristão.
- Gaste muitas horas diárias na oração e na Palavra. Se falhares nisto serás um homem como outro qualquer.
- Fuja de ensinar por sabedoria humana. Busque a orientação direta do Espírito Santo.
- Pregue com base em sua própria experiência e não por ter ouvido falar.
- Deixe o povo compreender que temes muito a Deus para temê-los.
- Não seja refém da popularidade e do salário. Declare todo o conselho de Deus, quer ouçam, quer deixem de ouvir.
- Não bajule os ricos.
- Fuja das vaidades.
- Não fique calado ao ver o pecado no meio do teu povo.
- Por mais que sejam voluntários, não aceite sustento da obra por homens não comprometidos com Deus.

Fonte: Internet

sexta-feira, novembro 09, 2012

Papel de Parede: Vitamina?!?


Resolução: 1920x1080

quarta-feira, novembro 07, 2012

Reflexão: Porque devemos orar antes das Refeições?


1. Para agradecer a Deus pelo suprimento da nossa mesa, Mt 15.36.
2. Porque reconhecemos que tudo de bom vem do Alto, do Pai das luzes, onde não há mudança, nem sombra de variação, Tg 1.17.
3. Para pedir que Ele santifique os alimentos, pois não sabemos onde o mal está instalado, 1 Tm 4.4-5.
4. Para pedir pelos pobres, os órfãos e viúvas carentes sejam por Ele abençoados, como nós temos sido.
5. Porque somos imitadores de Cristo. Ele sempre agradecia ao Pai antes de tomar uma refeição, Lc 24.30,31. Paulo também tinha esse costume, At 27.35,
6. É um momento especial, onde as crianças aprendem a orar em público.

"Quando, pois, tiveres comido e fores farto, louvarás ao Senhor, teu Deus, pela boa terra que te deu", Dt 8.10.

Por Alaid S. Schimidt

terça-feira, novembro 06, 2012

Video: 5 Solas

quarta-feira, outubro 31, 2012

Reflexão: 5 Solas


No dia 31 de Outubro de 1517, Martinho Lutero fixou as suas 95 Teses na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, Alemanha.

Os princípios fundamentais da Reforma são conhecidos como os “Cinco Solas”: 
1- Só Cristo é o Senhor;
2- Só a Escritura como única regra de fé e prática; 
3- Só a Graça de Jesus; 
4- Só a Fé em Cristo; 
5- Só a Deus a glória! 

Graças a Deus pela vida e a coragem de Martinho Lutero e de outros tantos que, nos dias de hoje, têm sido instrumentos de Deus para o crescimento da Igreja.

terça-feira, outubro 30, 2012

Papel de Parede: Ceia


Resolução: 1920x1080

Panorama: Cantares


Autor: Salomão, segundo a tradição Judaica

Data: Possívelmente cerca de 960 a.C., início do reinado de Salomão

Propósito: Celebrar o amor romântico como Deus o designou e retratar o amor de Deus por seu povo

Temas: Alegria, compromisso, beleza e intimidade do amor romântico

Conteúdo: O compportamento sexual popular hoje é uma triste distorção do plano estabelecido por Deus no Jardim do Éden. Contrário ao desígnio, em vez de um tesouro exclusivo e particular compartilhado entre marido e mulher comprometidos. Deus valoriza o amor romântico e a união sexual, e Cântico dos Cânticos expressa a beleza deste amor como Deus o planejou. Este livro poético descreve várias interações, entre Salomão, uma jovem e possivelmente outro jovem. É uma canção que usa metáforas v´vidas para descrever o amor, o noivado e o casamento. Os versos descrevem o desejo mútuo de um casal, os conflitos vencidos, os sentimentos ternos que o amor desperta e a alegria encontrada em estarem juntos. As "Filhas de Jerusalém" acrescentam também algumas observações pessoais. Muitos eruditos crêem que este poema deve ser também compreendido como uma ilustração do amor de Cristo pela Igreja

Esboço
1.1 - 2.7 - A noiva descreve a si mesma e seus sentimentos pelo noivo
2.8 - 3.11 - O rei convida a noiva para uma viagem na primavera
4.1 - 5.1 - Salomão descreve sua noiva
5.2-8 - A noiva sonha com a perda do rei
5.9 - 6.3 - a esposa descreve o marido
6.4 - 7.9 - O rei descreve a esposa
8.1-4 - Os desejos da mulher
8.5-14 - O poder do amor e as recompensas da pureza

sábado, outubro 27, 2012

Imagem: O dedo tecla...


Fonte: Internet

sexta-feira, outubro 26, 2012

Reflexão: Mesmo com dor...


Estava brincando de bola com meu sobrinho, Pedro Henrique, e aconteceu algo que me fez lembrar minha infância.
Em um dos chutes que ele deu, começou a chorar e eu fui atendê-lo, e quando vi, o seu dedão estava machucado, mas já era um machucado de antes da brincadeira.
Não deu nem 5 minutos ele voltou para brincarmos mais de bola.
E isso me fez lembrar minha infância, quando brincava de bola, que ao invés de acertar o chute na bola, eu acertava o chão, e por causa disso várias vezes perdi a “tampinha” do dedão.
Mas o que me chamou a atenção foi que mesmo com dor, ele não parou de brincar de bola comigo, e ele só parou quando me disse: Tio, estou cansado.
Além de me fazer lembrar minha infância, esse episódio me fez lembrar Jesus, um pouco antes de ser crucificado.
Quando Jesus estava no Jardim do Getsêmani, primeiro Ele teve uma dor na alma, ao ponto de suar gotas de sangue (Mt 26:37-38). Depois teve a dor da traição (Mt 26:48-50).
Depois disso Ele foi preso (Mt 26:50). Na casa de Caifás começaram a bater n´Ele (Mt 26:67). Colocaram n´Ele uma coroa dEntão cuspiram-lhe no rosto e lhe davam punhadas, e outros o esbofeteavam e espinhos (Mt 27:29), e se isso não bastasse, batiam em sua cabeça (Mt 27:30).
Fizeram Ele levar, mesmo que por uma parte, a Sua própria cruz, onde seria pregado. E estando no Gólgota, foi pregado (Mt 27:35), estando crucificado, foi perfurado por uma lança.
O que quero retratar, é que Jesus, mesmo com dor não desistiu de nós. Ele foi até o final, e as dores que Ele passou não foram simples e nem fáceis.
O que o motivou a vencer a dor e ir até o final, primeiro foi o amor de Deus revelado em Si mesmo, segundo foi o alvo, e esse alvo incluía você e eu, pois Ele precisou passar por isso para ser o nosso Salvador.

Por Junior Schimidt
Fale com ele

terça-feira, outubro 23, 2012

Show: Hillsong - Cornerstone

Estudo: Voltando a excelência do conhecimento acerca de Deus!


Salmo 19

Como é bom poder contemplar as pessoas respondendo sim, ao chamado da salvação. Não há como resistir ao poder deste chamado que foi selado com o sacrifício de Jesus na cruz. E ao longo de nossa vida cristã, somos desafiados a vivermos um constante progresso no que diz respeito ao conhecimento acerca de Deus. No entanto, muitos de nós, ao invés de continuarmos experimentando do privilégio de conhecermos mais a Deus, nós regredimos, nós esfriamos, nos tornamos mecânicos e nos acomodamos. Diferente do início, quando nos encantávamos pelas oportunidades de conhecer mais a Deus, quando nosso coração pulsava mais forte, quando tínhamos sede e fome do conhecimento acerca de Deus, agora que o tempo passou, somos como robôs, totalmente mecânicos, não nos interessamos mais pelo conhecimento acerca de Deus. Mas Deus está nos esperando, independente se já vivemos o bastante ou não na vida cristã, para que voltemos experimentar as excelências do conhecimento acerca dEle.
Transição: No texto em que nós lemos, o salmista Davi nos leva justamente a refletirmos sobre o conhecimento que temos acerca de Deus. Este texto, nos faz enxergar que embora não busquemos e nem desejemos tal conhecimento, ele está disponível de uma forma simples e clara, com um poder transformador.

1ª A excelência do conhecimento acerca de Deus através da revelação natural; v.s. 1-6
Logo no início, o salmista nos faz entender que ao olharmos para o céu, ao olharmos para a natureza, ao olharmos para as coisas criadas temos a oportunidade de conhecermos a Deus.
Mas a excelência da revelação natural é mostrada pelo salmista através de quatro maneiras:
1.1 É uma revelação esclarecida; v.s.1;
Davi nos mostra que Deus colocou suas impressões digitais na obra da criação, o sol, a lua, as estrelas, os montes, os campos, as aves do céu, os peixes do mar, os animais terrestres, tudo isto, revela o conhecimento acerca de Deus.
1.2 É uma revelação diária; v.s 2
O salmista também nos revela que Deus a cada amanhecer através do orvalho, a cada entardecer através do por sol, o Criador se mostra frequentemente, ele não pula nenhum dia, seja feriado ou dia chuvoso, através da natureza, o Senhor o conhecimento a seu respeito.
1.3 É uma revelação sem diálogo; v.s. 3 e 4
O salmista nos diz que a comunicação da natureza revelando o conhecimento de Deus é sem diálogos, sem frases, sem verbos e substantivos. Pois as palavras são reveladas aos nossos olhos, por meio dos mares e oceanos e animais migratórios.
1.4 É uma revelação sublime; v.s 5 e 6.
Davi mais uma vez nos encanta com o revelar do conhecimento acerca de Deus por meio da criação. Pois a criação é sublime, por ser notada em todos os continentes, em diferentes estações, a excelência da revelação natural, é esclarecida, é diária, é sem diálogos e é sublime.

2ª A excelência do conhecimento acerca de Deus através de sua palavra; v.s. 7-10;
Davi agora nos mostra, que além do Senhor revelar o conhecimento acerca de si aos homens através da criação, Ele também o faz, através de sua palavra.
O salmista denomina a palavra de Deus em: a lei do Senhor, o testemunho do Senhor, os preceitos do Senhor, os mandamentos do Senhor e em os juízos do Senhor. Ele também qualifica a palavra de Deus em: perfeita, fiel, reta, puro e verdadeiros. Davi também nos mostra a ação das escrituras em nós quando elas nos: refrigeram a alma, nos concedem sabedoria, nos alegram o coração e nos iluminam os olhos.
Deus revela o conhecimento acerca de sua pessoa também através de sua palavra.
Mas nós não a valorizamos, nós não a desejamos, nós não nos interessamos por ela. Apenas a utilizamos como um amuleto nas horas de necessidade. Não a lemos, não desejamos ouvi-la, não valorizamos os momentos que são destinados para o ensinamento da Bíblia. Por isso, o profeta Amós nos alerta:“E irão errantes de um mar até outro mar, e do norte até ao oriente; correrão por toda a parte, buscando a palavra do Senhor, mas não a acharão.” Amós 8:12. Mas Deus está querendo revelar a nós um conhecimento acerca de si através das escrituras, pois a palavra de Deus tem identidade, tem qualidades e tem poder funcional.

3ª A excelência do conhecimento acerca de Deus através de uma vida transformada diariamente; v.s.11-14
Além da criação e da palavra de Deus, o Senhor revela o conhecimento acerca de si, através de uma vida transformada a cada dia. Por isso, Davi nos mostra que através desta excelência, meu falar, meu agir, meus sentimentos, minhas motivações, devem ser afetadas pelo poder de Deus, nos transformando a cada dia, para que as pessoas conheçam a Deus através de nós.
Não devemos nos conformar com o que já conhecemos de Deus, mas a cada dia, temos a oportunidade de conhecê-lo mais, e o salmista nos revela que podemos conhecê-lo mais, através da natureza, das escrituras e do transformar diário de nossas vidas.

Por Kayo César